John Davison Rockefeller conseguiu seu primeiro emprego aos 16 anos e desde essa fase guardava 6% de seus ganhos para contribuir com ações filantrópicas de sua igreja, subindo o valor para 10% aos vinte anos. Ele foi um dos homens mais ricos de todos os tempos e o primeiro bilionário da história.

Sua primeira atividade verdadeiramente lucrativa foi no ramo de atacado de alimentos e, mais tarde, decidiu investir numa refinaria de petróleo.

Ele disse aos proprietários: arrisquem seus dólares para encontrar novas jazidas e quando encontrarem petróleo irão precisar de mim para o transporte, refino e comercialização. A ideia genial de Rockefeller, diz o jornalista Pierre Terzian, foi padronizar a produção dos produtos refinados.

Em 1870, aos 31 anos, ele fundou a empresa que se transformou em lenda, a Standard Oil e, com um desejo insaciável, em poucos anos estabeleceu um verdadeiro império do petróleo. Depois de 20 anos de batalha legal, Rockefeller foi obrigado a dividir a Standard Oil em 34 empresas concorrentes.

No decorrer de 30 anos, ele criou o modelo de integração vertical, ligando o refino, transporte e comercialização e por fim a produção de petróleo. Esse foi o modelo usado pelas grandes empresas de petróleo nos Estados Unidos, nos 50 ou 75 anos seguintes.

Com a globalização industrial, o modelo de Rockefeller foi adotado pela empresa anglo-holandesa Royal Dutch Shell, que foi o equivalente europeu da Standard Oil. Logo, a Shell já estava concorrendo com a empresa de Rockefeller.

Colabora com este post Galadriel Sophya Blaskovski

Anúncios