“As pessoas acham que o dinheiro é um instrumento, mas estão erradas… o dinheiro é o seu mestre. Quanto melhor o serve, melhor ele o trata.”

Essa é uma das frases emblemáticas ditas no filme O Capital (Le Capital), um drama do cinema francês, lançado em 2012. O filme que mostra o outro lado do capitalismo, expondo a parte doente do sistema onde a injustiça e a exploração do mais fraco pelo mais forte compensam.

VMF_Le CapitalCom um tempo de duração de 1h54, o filme mostra a história de Marc Tourneuil (Gad Elmaleh), um banqueiro que herda a presidência do Banco Phenix (a contragosto de outros banqueiros da diretoria), a mais poderosa instituição financeira da Europa, mas Marc não é ingênuo e percebe imediatamente que não terá muito tempo no controle. Para sorte (ou azar) de Marc, um grupo de acionistas americanos forma uma célula de investimentos para impulsionar ainda mais o Phenix, mas seus objetivos contradizem o perfil do banco francês.

Em meio à sede por poder, inveja, dinheiro, luxo e corrupção, Marc precisa decidir entre ser um banqueiro corrupto e mentiroso responsável por quebrar o banco mais poderoso da Europa ou o homem correto que denunciou todo o esquema.

A direção do filme critica o capitalismo mostrando suas contradições, seu jogo e suas perversões. Outra razão para assistir O Capital é a abordagem sobre economia e ética. Tudo é mostrado de forma prática e real, em situações que qualquer um pode vir vivenciar algum dia.

Além de uma boa pedida para discussão, O Capital também oferece uma bela fotografia, mostrando paisagens e locais de Paris, Londres, Miami e New York. O filme é uma adaptação do romance de mesmo nome, escrito por Stéphane Osmont. O título do livro é uma referência à obra mais conhecida de Karl Marx.

Um bom feriado a todos e bom filme!

Anúncios