É fácil enumerar os motivos que dão origem a uma crise. No entanto, não é tão simples saber os meios para sobreviver a ela e como evitá-la no futuro. A produtividade dos funcionários de uma empresa, por exemplo, está inteiramente ligada à capacidade da mesma de passar positivamente por essa crise e é isso que Yves Morieux explica nessa palestra para o TED. Entenda como diminuir muito do impacto nesse momento complicado.

Yves considera a frase “Graças a cooperação, o todo vale mais que a soma das partes”, como a mais pura matemática, sendo exata no que diz. Durante a palestra, ele mostra como o aumento da burocracia empresarial com o passar das décadas explica a diminuição crescente da produtividade das pessoas, porque os princípios básicos da eficiência se tornaram contraprodutivos ao esforço das pessoas, que é voltado para situações muito mais burocráticas que se tornam empecilhos.

A analogia entre uma corrida de revezamento e uma empresa é a escolhida por Yves para elucidar e embasar o ponto de vista. Ele mostra como uma equipe focada na cooperação e no estímulo ao próximo corredor, que terá o desafio de levar o bastão até o próximo colega, consegue sobrepor uma equipe com os melhores corredores individualmente. Num ambiente empresarial, a analogia é encontrada nas pessoas que desperdiçam seu esforço em suas “pernas” e não em “entregar o bastão” com qualidade que faria a equipe ganhar.

TED_Yves Morieux_produtividade

“Se pararmos para pensar, estamos mais preocupados em saber a quem culpar em caso de fracasso, do que criar condições para o sucesso. ” – Yves Morieux

Yves mostra como foram criadas interfaces claras para responsabilizar a cada um, sendo essa uma linha improdutiva para lidar, pois torna muito mais fácil culpar alguém no caso do fracasso do que realmente construir um sistema onde o sucesso seja o objetivo real.

Morieux transmite ainda a ideia de que nos acostumamos a sempre querer jogar a responsabilidade para o próximo, o que deixa claro na analogia que faz mostrando que criamos mais e mais processos que nos desfocam do real objetivo: “ Na corrida já que o bastão é tão importante, vamos precisar de alguém claramente responsável para passar o bastão. Por isso, entre cada corredor, teremos agora um novo atleta dedicado a pegar o bastão de um corredor e passá-lo para outro. E vamos ter pelo menos dois fazendo isso. Bem… será que nós, realmente nesse caso, venceremos a corrida? Isso eu não sei, mas com certeza (Yves está sendo irônico) vamos ter uma linha clara de responsabilização”.

Por fim, o problema para a crise de produtividade pode ser encontrado nos constantes aumentos burocráticos que desvirtuam e impedem as pessoas de atingirem os reais objetivos.

E você? Sente que não é tão produtivo quanto poderia ser? Assista a palestra de Yves Morieux e consiga direcionar seu esforço para produzir com qualidade.

Yves Morieux é diretor do The Boston Consulting Group’s Institute for Organization e pesquisa formas das corporações se adaptarem ao moderno e complexo cenário de negócios.

Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da TORO Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Anúncios