Em uma sociedade focada na busca de petróleo e na produção de seus derivados, projetos que visam viabilizar fontes de energia renovável costumam encontrar obstáculos gerados pela bilionária indústria das petroleiras. Será que há algo que possa ser feito para diminuir o consumo e a poluição gerada pelo “ouro negro”?

É nesse cenário que surge “PUMP”, um documentário norte-americano que mostra a realidade do setor, abordando desde questões relacionadas ao governo do ex-presidente Lula, a Nikola Tesla, famoso inventor da engenharia mecânica. O filme busca desmascarar e expor fontes alternativas de energia mais sustentáveis socialmente e ambientalmente.

A era do petróleo

pump

O documentário “PUMP”, dirigido pelo casal de documentaristas renomados, Joshua e Rebecca Tickel, aborda pontos da história recente, incluindo o momento em que o conhecido “ouro negro” começou a fazer parte da rotina das civilizações ocidentais.

Os diretores conseguem expor, de maneira coerente, a contradição criada pelo mercado petrolífero, que, ao mesmo tempo em que cria um elo com o desenvolvimento da sociedade humana, também é uma das maiores causam de sua degradação.

Por meio de entrevistas, o documentário promove a reflexão, tendo como base a sociedade norte-americana e as corporações do setor. Na visão de “PUMP”, o grande controle estabelecido pela indústria petroleira, gera e ainda há de gerar muitas consequências graves à qualidade de vida da população mundial.

Um exemplo: até mesmo a grande crise americana de 2008 teria sido causa direta da alta do barril e a crise de crédito seria apenas um efeito colateral direto deste acontecimento.

“PUMP” é imprescindível para investidores e empresários, afinal, o petróleo é um investimento muito procurado, portanto é preciso estar atento ao cenário para poder prever qualquer as próximas ações.

Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da TORO Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Anúncios