Nesta reportagem realizada pela TV Bandeirantes, especialistas comentam sobre a possibilidade de Donald Trump favorecer a economia brasileira. Isso seria possível devido as políticas de aumento dos juros nos EUA, que fortalecerão o dólar, tornando as exportações brasileiras mais vantajosas e, por consequência, fomentarão a indústria.

As diretrizes políticas de Trump

Donald Trump reforça, desde sua campanha política, que iria dificultar as importações (tornando-as mais caras) e que beneficiaria a geração de empregos norte-americanos.

O diplomata Rubens Ricupero esclarece que Trump obrigou empresas americanas a desistirem de projetos no exterior (principalmente no México). Segundo o diplomata, uma das principais diretrizes do presidente dos EUA é fortalecer o vínculo com seus eleitores, principalmente aqueles que perderam os empregos por conta das importações vindas de países como China e México.

Uma das provas disso é que desde a indicação de Trump como candidato, em julho de 2016, até sua posse, a Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE), subiu representativamente. Na bolsa brasileira, o dólar também oscilou.

economia-do-governo-trump-pode-favorecer-o-brasil-2

economia-do-governo-trump-pode-favorecer-o-brasil-3

Roberto Gianetti da Fonseca comenta ao mexer com a economia do mundo, Trump afetará o Brasil também. Para o economista, o Brasil terá certa desvalorização do real frente ao dólar em 2017, porém, isso não será motivo para pânico. Com o dólar mais caro, as exportações são beneficiadas, podendo aumentar o nível de empregos na indústria brasileira, cujo número atual de desempregados supera os 12 milhões de pessoas.

Já para o economista Delfim Netto, Trump não fará tudo o que prometeu por ter um poder muito menor do que pensa e não irá mudar a economia do mundo, apenas atrapalhará um pouco.

Escrito por Larissa Moutinho, jornalista MTB 6805, assessora responsável pela comunicação da TORO Investimentos. Foi editora da Revista ADVFN e jornalista da InvestMais. Pós-graduada em marketing e pós-graduanda em finanças.

Anúncios